Exame permite descoberta do sexo do bebê com apenas oito semanas de gestação

Anúncio

A sexagem fetal é um exame que permite a descoberta do sexo no bebê logo no início da gravidez . 

O Laboratório Núcleo, que possui mais de 40 unidades em Goiânia e no interior de Goiás, realiza esse teste.

O exame é seguro, rápido e oferece grande probabilidade de acerto

Quais os tipos de exame de sexagem fetal?

Sexagem fetal sanguínea

Assim que a gravidez se inicia, o material genético do feto passa a atravessar a placenta e a circular na corrente sanguínea materna. 

Esse fato foi descoberto por um cientista chinês chamado Denis Lo. 

Esse foi o pontapé inicial para o desenvolvimento da sexagem em amostras de sangue da mãe.

Como o teste determina o sexo do bebê?

Para descobrir o sexo do bebê, é feita uma busca pela presença de fragmentos do cromossomo Y.

Que é o grande responsável por determinar as características masculinas.

As mulheres têm dois cromossomos sexuais X, enquanto os homens têm um X e outro Y. 

Portanto, se um fragmento Y é encontrado no sangue da mãe, há grande probabilidade de que o bebê seja um menino.

 Caso contrário, a maior chance é de que seja uma menima.

Se a gestação for de gêmeos univitelinos, o resultado do exame vale para ambos os fetos. 

Mas, se os gêmios forem bivitelinos, a presença do cromossomo Y aponta que pelo menos um dos bebês é do sexo masculino.

A ausência indica que os dois fetos são meninas.

Procedimentos

Para realizar o teste, é retirada uma amostra de aproximadamente 5 a 20 ml de sangue venoso no braço materno. 

A coleta é simples, como aquela realizada nos exames de rotina.

E não há a necessidade de jejum ou outro tipo de preparo.

Posteriormente, o sangue é levado para um laboratório de biologia molecular, onde é feita a separação do plasma e o isolamento do DNA. 

Então, o DNA isolado é utilizado para a busca do cromossomo Y. 

Tal busca é feita pelo PCR, Reação em Cadeia da Polimerase.

Essa técnica que amplifica as sequências de DNA fetal circulantes no plasma.

Não é necessário pedido médico para a realização do teste. 

Assim, ele pode ser feito por qualquer família que deseja saber, precocemente, o sexo do seu filho. 

O resultado fica pronto em cerca de cinco a dez dias.

Quando pode ser realizado?

Com o avançar da idade gestacional, maior quantidade de material genético é lançado na corrente sanguínea da mamãe.

Dessa forma, quanto mais avançada a gravidez, maior a probabilidade de acerto. 

O ideal é que o exame seja realizado a partir da 8ª semana. 

Qual é a precisão do exame?

A sexagem fetal tem alta precisão, que gira em torno de 96 a 99%. 

Ou seja, a possibilidade de acerto do sexo por meio desse procedimento é muito elevada. 

O exame é seguro?

O exame não oferece prejuízos para a gravidez.

Sendo seguro tanto para a mãe quanto para o seu filho. 

Isso porque para realizá-lo basta retirar uma amostra de sangue materno, sem a necessidade de interferência no ambiente uterino.